• Lu Cardoso

Rumo a uma nova consciência alimentar

Tudo o que existe está em um estado de contínua vibração, ou seja, em tudo há energia vibrando em vários graus desde o mais denso elemento até o mais sutil.  Segundo a medicina ayurvédica a química da vida depende da atividade dos cinco elementos, terra, fogo, água, ar e éter. Para manter o equilíbrio do corpo, a pessoa deve ser consciente da atividade desses elementos em seu organismo. Uma dieta saudável deve levar em conta quais os elementos estão presentes naquele organismo e quais as deficiências esse organismo apresenta. De posse desse conhecimento podemos então perceber os ritmos do corpo e da mente, acrescentando ou subtraindo da dieta determinados alimentos conforme necessário. A orientação alimentar ayurvédica se vale dessas observações para indicar ao indivíduo os alimentos mais adequados à sua constituição energética. É por meio dos sabores que podemos determinar quais são esses alimentos. Todos os elementos tem um sabor característico, compreendendo isso pode-se lidar com cada pessoa individualmente. Os sabores se dividem em seis categorias, cada uma com um efeito sobre a química do corpo. São eles: doce, salgado, azedo, picante, amargo e adstringente. Cada um é a combinação de dois elementos: Doce: água + terra Salgado: terra + fogo Azedo: água + fogo Picante: ar + fogo Amargo: ar + éter Adstringente: ar + terra Essas combinações são diretamente responsáveis pelo funcionamento e equilíbrio dos humores biológicos (doshas). Cada dosha é estimulado ou moderado por determinados sabores. Uma avaliação ayurvédica lhe dará esse conhecimento e uma boa orientação alimentar lhe trará mais equilíbrio corporal e mental e lhe dará o caminho para uma nova consciência alimentar.

19 visualizações

© 2023 por Medicina Alternativa. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • YouTube
  • Instagram
  • Facebook ícone social